Eleições 2022

Eleições 2022

Saiba quem são os pré-candidatos ao Senado pelo Amapá nas eleições de 2022

Davi Alcolumbre (União Brasil) deve tentar a reeleição e, até o momento, tem mais três concorrentes

candidatos ao Senado pelo Amapá
Plenário do Senado (09/02/2022) - Crédito: Pedro França/Agência Senado

Lucas Barreto (PDS), Randolfe Rodrigues (Rede) e Davi Alcolumbre (União Brasil) são os atuais representantes do Amapá no Senado. Nas eleições de 2022, os eleitores do estado irão definir quem ocupará a cadeira de Alcolumbre, que está no último ano de mandato. Até o momento, há pelo menos quatro pré-candidatos ao Senado pelo Amapá.

O senador Davi Alcolumbre, ao que tudo indica, deve disputar a reeleição em outubro e terá como possíveis concorrentes: João Capiberibe (PSB), Guaracy Júnior (PTB) e Cirilo Fernandes (Podemos).

Os nomes dos candidatos ao Senado pelo Amapá podem ser registrados pelos partidos até dia 15 de agosto junto a Justiça Eleitoral. Vale destacar que a corrida eleitoral ainda não está totalmente definida e outros candidatos podem surgir.

Confira a lista com os possíveis candidatos ao Senado pelo Amapá nas eleições de 2022:

Assinantes do JOTA PRO Poder conhecem as pautas que vão movimentar os Três Poderes com semanas ou até meses de antecedência. Acompanhe a evolução dos cenários com nossos analistas. Experimente o JOTA PRO Poder grátis.

Davi Alcolumbre (União Brasil)

Natural de Macapá (AP), Davi Alcolumbre, 44 anos, é senador pelo Amapá. Alcolumbre começou sua carreira política como vereador de sua cidade natal. Em 2002, foi eleito deputado federal pelo Amapá, sendo reeleito em 2006 e 2010. Concorreu a uma cadeira no Senado nas eleições de 2014 e foi eleito. Alcolumbre foi candidato a governador do Amapá nas eleições de 2018, porém não conseguiu obter votos suficientes para ir ao segundo turno. Ele presidiu o Senado Federal e o Congresso Nacional entre 2019 e 2021. Agora Davi Alcolumbre será novamente candidato ao Senado pelo Amapá (AP) nas eleições 2022.

Guaracy Júnior (PTB)

Nascido em Belém (PA), Guaracy Júnior, 46 anos, é pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, empresário e agropecuarista. Disputou sua primeira eleição em 2018, concorrendo à vaga de senador. Em 2020, se candidatou a prefeito de Macapá pelo PSL, mas ficou em sexto lugar. Agora, filiado ao PTB, Guaracy Júnior é pré-candidato ao Senado pelo Amapá (AP) nas eleições 2022.

Cirilo Fernandes (Podemos)

Cirilo Fernandes, 54 anos, nasceu em Macapá (AP) e é formado em Administração. Sua primeira disputa eleitoral foi em 2000, quando concorreu para vereador de Macapá, mas não se elegeu. Em 2018 disputou a eleição para governador do estado pelo PSL. Em 2020, pelo PRTB, concorreu a prefeito de Macapá, mas acabou ficando em quarto lugar. Fernandes foi assessor da pastoral da juventude e presidente do conselho diocesano do Laicato — grupo que atua em ações religiosas. Em abril, se filiou ao Podemos e é pré-candidato ao Senado pelo Amapá (AP) nas eleições 2022.

João Capiberibe (PSB)

Natural de Afuá (PA), João Capiberibe, 75 anos, já foi prefeito de Macapá, governador do Amapá por dois mandatos e senador entre 2011 e 2019. Formado em Zootecnia, Capiberibe viveu um período exilado entre a Bolívia, o Peru e o Chile devido à sua participação em grupos de guerrilha durante a ditadura. O ex-governador João Capiberibe é pré-candidato ao Senado pelo Amapá (AP) em 2022.

Assinantes do JOTA PRO Poder conhecem as pautas que vão movimentar os Três Poderes com semanas ou até meses de antecedência. Acompanhe a evolução dos cenários com nossos analistas. Experimente o JOTA PRO Poder grátis.