Eleições 2022

Agregador do JOTA

Pesquisas eleitorais apontam que taxa de indecisos é a menor da história

Declarações de voto espontâneo em Lula e Bolsonaro já atinge 58%; Esta parcela é menos sensível à mudanças na campanha

Eleições : pré-candidatos à Presidência 2022
Crédito: Nelson Jr./ASICS/TSE

A comparação histórica da taxa de indecisos no ano eleitoral e a três dias da eleição apresenta uma situação bastante adversa para a terceira via: 2022 será o pleito com o menor índice de eleitores indecisos de que se tem registro, segundo apontam dados do agregador de pesquisas do JOTA, uma ferramenta exclusiva para assinantes do JOTA PRO Poder com um modelo estatístico próprio para agregar as diferentes pesquisas de intenção do voto e mostrar tendências eleitorais. (entenda a metodologia ao fim da reportagem).

Mesmo que estes 5% de eleitores se decidissem apenas por um único candidato, ainda assim seria insuficiente para alterar a ordem entre os dois primeiros colocados.

Segundo o agregador do JOTA, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 42% das intenções de voto contra 33% do presidente Jair Bolsonaro (PL). Os outros candidatos somam 14%. Os votos em branco e nulo são 7%.

A mediana da soma das declarações de voto espontâneo para Lula e Bolsonaro já atinge 58%. Esta parcela de eleitores é menos sensível à mudanças durante a campanha. Já na modalidade de voto estimulado, o índice é de 72% dos eleitores.

Os dados da reportagem fazem parte do relatório semanal “A balança em 2022”, enviado aos assinantes do JOTA PRO Poder, que tem foco na previsibilidade de médio e longo prazo. Conheça! 

Nunca tivemos na história uma consolidação das preferências em torno de duas candidaturas tão alta, ainda no primeiro semestre do ano eleitoral. A polarização faz com que o eleitor decida o voto muito antes, reduzindo as chances dele mudar de opinião durante a campanha.

Fonte: agregador do JOTA

Entenda o agregador de pesquisas

O agregador JOTA é uma ferramenta exclusiva que leva em consideração mais de 600 pesquisas de opinião conduzidas no país nos últimos 34 anos, comparando 11 governos e 8 presidentes. São mais de 220 pesquisas nacionais coletadas apenas durante o governo de Jair Bolsonaro, uma média de pesquisa a cada 4 dias.

JOTA prefere utilizar informações agregadas a basear-se em números de uma única pesquisa ou empresa. Cada instituto de pesquisa tem seu próprio método de seleção, coleta e análise das respostas. Por isso, o JOTA desenvolveu um modelo estatístico de agregação – o modelo proprietário – que permite comparar resultados de diferentes pesquisas, calibrando com base na performance passada de cada instituto.