Mercado

Churning

CVM condena ex-presidente da Bolsa do Rio e mais três por negociação irregular

Prática consiste em mover carteiras para auferir lucros com corretagem; decisão é enviada ao MPF-SP por indícios de crime

Crédito: Wikipedia

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou, por unanimidade, o ex-presidente da bolsa de valores do Rio de Janeiro Fernando Opitz por exercício irregular de administrador de carteiras e pela chamada prática de churning, quando se promove negociações em excesso para ganhar com taxas de corretagem. As duas penalidades somam R$ 525 mil […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.