Do Supremo

Dias Toffoli

Toffoli diz que prisão domiciliar de Maluf é em São Paulo

Juíza de execuções penais do DF questionou se não houve fuga do deputado afastado

Brasília - O deputado Paulo Maluf desembarca do avião da Polícia Federal (Valter Campanato/Agência Brasil)

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, informou à Justiça do Distrito Federal que ficará a cargo da Vara de Execuções Penais de São Paulo a fiscalizar a prisão domiciliar do deputado afastdo Paulo Maluf (PP). “Embargos não conhecidos contra decisão que defere liminar. Contudo, de ofício, pelas razões expostas, dou efeito integrativo à […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.