Do Supremo

Lava Jato

PGR pede que STF condene Collor a 22 anos de prisão por propinas na BR Distribuidora

Investigação aponta crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro entre 2010 e 2014. Julgamento ainda não tem data

Collor; PGR
Foto: Pedro França/ Agência Senado

A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu que o Supremo Tribunal Federal (STF) condene o senador Fernando Collor (PROS-AL) a 22 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Collor é acusado de receber propinas referentes a contratos celebrados por subsidiárias da Petrobras entre 2010 e 2014. A PGR diz que Collor, junto ao seu […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.