Opinião & Análise

Série

STF, julgamentos virtuais e a Matrix – parte II

Nenhum sistema de precedentes sério pode ser construído virtualmente: a decisão que não decide

servidor público
Fachada Supremo Tribunal Federal / Crédito: Dorivan Marinho/SCO/STF

Na semana passada, iniciei uma série de três artigos que pretende mostrar, empiricamente, que o sistema de julgamento virtual adotado pelo STF durante a pandemia da Covid-19 não pode ser banalizado e utilizado para a apreciação de questões de grande relevância constitucional, como são os processos de controle concentrado de constitucionalidade e aqueles que tiveram […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.