Opinião & Análise

Ditadura militar

Memória, para que te quero?

Sobre as imagens de protagonistas do passado em monumentos e nomes estampando ruas e praças

No conto “Funes, o Memorioso”, Jorge Luís Borges fala-nos do prodígio que era a memória de Ireneo Funes, o jovem que, depois de uma queda de cavalo que o deixara paralítico, tornou-se capaz de recobrar com perfeição “todos os brotos e cachos e frutas que se encontravam em uma parreira”, ou “as formas das nuvens […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.