Justiça

Inovação

TJRJ cria Centro de Inteligência para identificar demandas repetitivas e protelatórias

Gestão das demandas repetitivas e dos grandes litigantes é um dos macrodesafios estratégicos do Poder Judiciário até 2026

Diogo Pacini demandas repetitivas e protelatórias
Crédito: Flickr/@cnj_oficial

Para identificar e monitorar ações judiciais repetitivas e protelatórias de grandes litigantes e demandas coletivas de ampla repercussão, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) criou um Centro de Inteligência, formado por 16 magistrados. A corte de segunda instância fluminense tem 180 desembargadores. Assinado pelo presidente do TJRJ, desembargador Henrique Figueira, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.