Do Supremo

STF

PF prende advogado por “venda de fumaça” em tribunais

Investigado teria cobrado R$ 2 milhões de um prefeito para influenciar processo

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (10/11) a operação “Mercador de Fumaça”,  que prendeu um advogado que cobrava valores para influenciar no curso de processos pendentes de julgamento no Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal. O nome do defensor não foi divulgado.  O investigado teria cobrado R$ 2 milhões de um prefeito que havia […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.