Justiça

Anvisa

Justiça permite comercialização de Aedes aegypti geneticamente modificado

Venda poderá ser feita sem aval da Anvisa sobre o assunto

Crédito Fernanda Carvalho/ FotosP Públicas

Uma liminar da Justiça Federal no Distrito Federal permite a comercialização, sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de mosquitos Aedes aegypti geneticamente modificados. O pedido judicial foi feito pela companhia Oxitec do Brasil Tecnologia de Insetos, que produz o inseto e alega estar desde 2014 esperando pelo aval da agência reguladora. Os […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.