Jotinhas

PGR

Maluf é condenado na França por lavagem de dinheiro

Justiça francesa confiscou 1,8 milhões de Euros e aplicou multa de 500 mil Euros

Foto: Leonardo Prado/ Câmara dos Deputadores

O deputado Federal Paulo Maluf foi condenado pela Justiça da França a três anos de prisão por lavagem de dinheiro em grupo organizado, crime cometido entre 1996 a 2005. Pelo mesmo crime foram também condenados a mulher de Maluf, Sylvia Lutfalla Maluf, e o filho do deputado, Flávio Maluf.

A Justiça também determinou a perda dos valores apreendidos em nome da família do parlamentar – foram confiscados 1.844.623,33 euros em contas e outros valores em espécie -, estabeleceu uma multa de 500 mil euros e manteve os mandados de captura internacional expedidos contra os três réus. Cabe recurso ainda da decisão.

A Procuradoria Geral da República, que compartilhou provas com a Justiça Francesa, aguarda resposta francesa sobre pedido de transferência do procedimento criminal de Paris e a repatriação para o Brasil do valor cujo confisco foi determinado na ação penal.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito