Jotinhas

Lava Jato

AGU cobra na Justiça R$ 11 bilhões de investigados na Lava Jato

Ação será protocolada nesta segunda-feira em Curitiba

A Advocacia Geral da União ajuiza nesta segunda-feira (30/05) uma ação em que cobra o ressarcimento de R$ 11 bilhões aos cofres públicos por investigados e condenados na operação Lava Jato.

O fundamento legal usado pela AGU é a Lei da Improbidade Administrativa (Lei 8.429/94). Serão processados:

– Paulo Roberto Costa;
– Renato Duque;
– Alberto Yousseff;
– Galvão Participações S/A;
– Galvão Engenharia S/A;
– Erton Medeiros;
– Jean Alberto Luscher;
– Eduardo de Queiroz Galvão Filho;
– Construtora Norberto Odebrecht S/A;
– Camargo Corrêa S/A;
– Tomé Equipamentos e Transportes Ltda;
– Alumni Engenharia S/A;
– Serveng Civilisan S/A;
– Fidens Engenharia S/A;
– Construtora Queiroz Galvão S/A; e
– Iesa Óleo e Gás S/A.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito