Jazz

Jazz

A hora e a vez de Kris Davis

Álbum da pianista-compositora é o melhor de 2019 na eleição da NPR

Kris Davis
Kris Davis / Crédito: Reprodução Facebook

Em 2018, a pianista-compositora Kris Davis, então com 38 anos, foi eleita a estrela em ascensão (rising star jazz artist) na votação anual dos críticos especializados do mundo todo promovida pela revista Downbeat. Agora, nesta passagem de ano, ela vem de colher um troféu ainda mais surpreendente para um(a) newcomer. O seu álbum Diaton Ribbons, do selo Pyroclastic (que também é dela) foi o primeiro na lista dos melhores de 2019 na eleição realizada pela National Public Radio (NPR). Foram 37 votos dos 140 possíveis.

O segundo disco mais votado na consulta da respeitada rede nacional dos Estados Unidos foi Wee Are on the Edge (Pi Records), comemorativo dos 50 anos do histórico conjunto de vanguarda Art Ensemble of Chicago, com a participação de seus dois sobreviventes: os septuagenários Roscoe Mitchell (saxofones) e Famoudou Don Moye (bateria). Um dos favoritos da eleição, The Secret between the Shadow and the Soul (Okeh), do quarteto do saxofonista Brandon Marsalis, ficou em quarto lugar.

O conceituado crítico Nate Chinen, da NPR e da WBGO, um dos eleitores do álbum de Kris Davis, assim justificou a escolha: ‘‘À primeira vista, uma estranha candidata ao consenso: Kris Davis, uma improvisadora-compositora com instinto de alquimista, fez Diatom Ribbons inspirando-se em microbiologia oceânica, movimento tectônico e reinventores do piano tão diversos como Messiaen, Monk e Cecil Taylor. O que torna fluente o seu experimento é a profunda coesão de uma companhia de elite: um trio básico com Val Jeanty (turntables, efeitos eletrônicos) e Terri Lyne Carrington (bateria) mais uma dupla de destemidos saxofonistas (Tony Malaby, JD Allen), um par de guitarristas (Marc Ribot, Nels Cline) e outros mais (como a baixista Esperanza Spaulding em duas cativantes intervenções vocais). Davis e sua tripulação produziram algo bem raro: um álbum de calor volátil e também funk, mas que, misteriosamente, tem uma encantadora linha de contorno’’.

Nate Chinen deixou de citar o baixista (acústico e elétrico) Trevor Dunn, que atua em oito das 10 peças de Diatom Ribbons, a partir da faixa-título (6m20), primeira da setlist. E que é apresentada, de modo totalmente inesperado, com um sample autêntico de uma declaração de Cecil Taylor (1929-2018), um dos founding fathers do free jazz. Na sequência, os tenoristas Mallaby e Allen envolvem-se em solos contundentes num todo intenso, polirrítmico e às vezes politonal.

O processo concebido pela pianista-compositora não tem nada a ver com o usual balanço entre a exposição temática e as variações improvisadas em solos ou em troca de compassos. Kris Davis adora surpreender. Na segunda faixa, The very thing(4m55), a voz cristalina de Esperanza Spalding devaneia por sobre (ou sob) o sax, o piano e a bateria num clima um tanto onírico. Em seguida, vem Rhyzones (5m20), com o piano da líder apenas pontuando as especulações ferozes do guitarrista elétrico Nels Cline, este por sua vez turbinado pelos efeitos eletrônicos de Val Jeanty. Citações gravadas de Messiaen, em francês, também são inseridas na bem surrealista Corn crake (5m05), com o piano pontilhista de Kris e mais ‘‘efeitos especiais’’ providos por Jeanty.

A peça mais longa e impactante de Diatom Ribbons é a recriação de Reflections (12m30), original de Julius Hemphill (1938-1995), um dos fundadores do World Saxophone Quartet (um dos mais originais e criativos combos dos anos 1970-80). Os tenores de Malaby e Allen destacam-se em solos hipnóticos bem free, com a pianista-líder tocando à la Cecil Taylor, também em Golgi complex (4m50).

Em suma, o ‘‘álbum de jazz do ano’’, assim declarado por 27% dos 140 votantes especializados na eleição promovida pela NPR, contém música nada convencional e surpreendente, concebida por uma jazzwoman que só agora passou a ser devidamente ouvida e incluída no ‘‘primeiro time’’.

(Três faixas de Diaton Ribbons podem ser ouvidas em: https://krisdavis.bandcamp.com/album/diatom-ribbons)


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito