Dimitri Dimoulis

Professor de Direito da Escola de Direito de São Paulo da FGV, Doutor e Dós-doutor pela Univ. Saarland (1994 e 1996). Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Constitucional.

Inércia e passivismo: o Supremo perante o governo Bolsonaro

Em 2019, foram apresentadas 18 ADPF e 26 ADIN por partidos de oposição para questionar atos federais

Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

Últimas Notícias sobre

  1. Crédito: Pexels

    Direito

    O que podemos aprender com os ataques governamentais ao aborto legal?

    Não existe conflito de direitos entre a gestante e o feto

    Taís Penteado, Dimitri Dimoulis

  2. Crédito: Jonas Pereira/Agência Senado
  3. Crédito Halley Pacheco de Oliveira @Wikimedia Commons

    Justiça transicional

    O Estado de Direito como ‘Palácio de Areia’

    Reflexões constitucionais sobre o caso Guanabara

    Dimitri Dimoulis, Guilherme De Faria Nicastro

  4. Crédito Halley Pacheco de Oliveira @Wikimedia Commons

    STJ

    A odisseia do Palácio Guanabara

    Disputa judicial entre Família Imperial do Brasil e União pela posse do Palácio envolve a justiça de transição

    Guilherme De Faria Nicastro, Dimitri Dimoulis

  5. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
  6. Foto:Carlos Humberto/SCO/STF

    Gilmar Mendes

    A Constituição interpretada sem regras

    O que “vale”: a letra da Constituição ou a solução “justa” mediante interpretação livre?

    Dimitri Dimoulis

  7. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
  8. STF

    A tendência passivista do Supremo

    Alguns exemplos eloqüentes dessa “decisão de não decidir”

    Dimitri Dimoulis, Soraya Lunardi

  9. Divulgação CNJ

    STF

    Rota ilegal

    As consequências da trágica remição de pena por tratamento desumano nas prisões

    Eloísa Machado, Heloisa Estellita, Dimitri Dimoulis

Recomendados

LGPD

Casa JOTA

Aprovômetro

TJSP

Reforma tributária

reforma administrativa

Regulação

Liberdade de Expressão


Sair da versão mobile