Jotinhas

Últimas Notícias

  1. CNJ

    Lewandowski contra metas de julgamento

    Metas para julgamento de certas categorias processuais parecem arbitrárias ao presidente do CNJ

  2. STJ

    Demandas de massa em pauta

    CNJ poderia recomendar criação de varas especializadas

  3. Aos dados, aos fatos

    Partidos no poder e as nomeações para o STF

  4. STJ

    Na pauta

    STJ julgará scoring de crédito dia 12 de novembro.

  5. STJ

    Sem efeito

    Fim de recurso repetitivo no STJ para responsabilidade de sócio na divida da empresa

  6. Crédito: Carlos Humberto./ASICS/TSE

    TSE

    Inconformismo com a derrota eleitoral

    Auditoria pedida pelo PSDB é “inócua”, diz ex-presidente do TSE

  7. STF

    PLR no Supremo

    STF confirma contribuição ao INSS sobre PLR anterior a 1994

  8. STF

    Na expectativa

    A aposta é de integrantes do governo. A presidente Dilma Rousseff deverá primeiro escolher o novo ministro da Fazenda para depois começar a pensar em quem indicar para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). E se demorar mais algumas semanas, a indicação ficará para o ano que vem.

  9. STF

    Romário escapa de ação no STF

    Senador eleito, Romário (PSB-RJ) escapa de ação no STF

  10. Maria da Penha popstar

    Dia de estrelas e tietagem na Conferência Nacional dos Advogados. A advogada Maria Berenice e Maria da Penha fizeram o sucesso do penúltimo dia da Conferência. Berenice passou mais de uma hora tirando fotos com alunos e advogados e autografando seus livros. Maria da Penha abarrotou um dos auditórios – 700 pessoas, várias em pé – e foi tantas vezes aplaudida que chegou a atrapalhar outras discussões.

  11. Samba de Bamba

    O conselheiro federal da OAB José Lúcio Glomb resumiu com samba de Paulinho da Viola o descontentamento de alguns participantes com o modelo adotado pela organização da Conferência. Ao invés de salas separadas, os oito painéis foram realizados concomitantemente no mesmo espaço do Riocentro e o som concentrado em fones de ouvido. “Aceito o argumento, mas não altere tanto o samba assim”, disse.