Marçal Justen Filho

Doutor em Direito e advogado.

A aplicabilidade imediata da Lei 14.133

Há dispositivos autoaplicáveis cuja observância é fundamental

Crédito: Pixabay

Últimas Notícias sobre

  1. Crédito: Fotolia

    Publicistas

    A interpretação da futura Lei de Licitações

    A nova legislação é uma colcha de retalhos

    Marçal Justen Filho

  2. Terminal Bandeira, em São Paulo, à noite / Crédito: Unsplash/@vansbumbeers

    Direito Administrativo

    Nova Lei de Licitações e Reforma Administrativa

    Gestão por competências, governança pública e segregação de funções podem ser avanços

    Marçal Justen Filho

  3. Crédito: Pixabay

    Publicistas

    A nova Lei de Licitações e a ilusão do ‘governo dos seres humanos’

    Se uma lei não funciona, o problema é a própria lei

    Marçal Justen Filho

  4. Publicidade do Trainee do Magazine Luiza / Crédito: Divulgação Magalu

    Publicistas

    Magazine Luiza: um caso lamentável. Independência funcional exige responsabilidade

    É preciso criar uma governança interna capaz de limitar a independência pessoal e preservar a independência da instituição

    Marçal Justen Filho

  5. Crédito: Pixabay
  6. Crédito: Fotolia

    Publicistas

    Contratações públicas e democracia

    O modelo tradicional de contratações públicas faliu

    Marçal Justen Filho

  7. Dias Toffoli e José Levi Mello do Amaral Júnior
  8. Pixabay

    Análise

    A MP 966 não é inconstitucional

    MP prevê providências de proteção jurídica mínima aos agentes públicos investidos de funções de grande relevância

    Marçal Justen Filho

  9. Foto:USP Imagens

    coronavírus

    A reforma administrativa já está em curso e não é o que você pensa!

    É urgente a avaliação de desempenho do servidor que trabalha à distância

    Marçal Justen Filho

  10. Crédito: Pixabay

    Publicistas

    Legitimidade do ato administrativo: presunção ou ficção?

    A legalidade administrativa sobrepõe-se à presunção de legitimidade

    Marçal Justen Filho

Recomendados

LGPD

Casa JOTA

Aprovômetro

TJSP

Reforma tributária

reforma administrativa

Regulação

Liberdade de Expressão


Sair da versão mobile