Contribuição previdenciária

Carf mantém cobrança de R$ 270 milhões contra a Rede Globo por ‘pejotização’

Para a Receita, emissora teria reduzido carga tributária contratando funcionários como pessoas jurídicas

estudio-de-televisao-rede-globo-carf
(Crédito: pxhere)

O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) manteve uma autuação de cerca de R$ 270 milhões contra a Rede Globo de Televisão, pelo não recolhimento de contribuições previdenciárias. A empresa foi acusada pela Receita Federal de promover a contratação de diversos empregados como pessoas jurídicas, em uma prática conhecida como pejotização. +JOTA: Experimente de graça o […]

Leia até 10 matérias/mês no cadastro gratuito e receba conteúdo no seu e-mail

cadastre-se

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!