Gustavo Binenbojm

Professor titular da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), doutor e mestre em Direito Público pela UERJ e master of laws (LL.M.) pela Yale Law School (EUA)

Daniel Kahneman, a academia e a prática jurídica

O quanto os juristas estão dispostos a reconhecer e a aprender com seus erros?

Kahneman
Crédito: Unsplash

Últimas Notícias sobre

  1. Crédito: Fellipe Sampaio/SCO/STF

    Publicistas

    Deu no New York Times

    Jornal aponta contradições do STF que, numa cruzada institucional em defesa da democracia, tem adotado medidas dificilmente defensáveis num Estado de direito

    Gustavo Binenbojm

  2. Crédito: Unsplash

    Piso da enfermagem

    Boas intenções não bastam

    Uma análise da Lei do Piso da Enfermagem à luz do devido processo legislativo constitucional

    Gustavo Binenbojm

  3. Crédito: Pexels

    Publicistas

    Regimes de transição no direito administrativo

    Artigo 23 da LINDB é ponto de partida, não solução pronta

    Gustavo Binenbojm

  4. Crédito: Unsplash

    Publicistas

    A Lei 14.210/21 e as decisões coordenadas

    Vetos mutilaram a lei (já de espectro limitado), mas interpretação poderá evitar mal do ‘sino sem badalo’

    Gustavo Binenbojm

  5. Estátua da Justiça em frente ao STF. Crédito: Fellipe Sampaio/SCO/STF

    publicistas

    A arte de ter razão (só que não)

    Schopenhauer e a constitucionalidade do art. 27 da Lei de Concessões

    Gustavo Binenbojm

  6. Crédito: Pixabay

    Publicistas

    Liberdade de expressão e a armadilha identitária

    Quando, além de errado, seu interlocutor representa o mal, não há debate possível; apenas triunfo e silêncio

    Gustavo Binenbojm

  7. Fachada do prédio principal do STF. Crédito: Flickr/@supremotribunalfederal

    publicistas

    Controle prévio de constitucionalidade de PECs

    STF deve defender o devido processo legislativo constitucional na tramitação da PEC dos Precatórios

    Gustavo Binenbojm

  8. Aplicativos e redes sociais que usam algoritmos (Crédito: Alexander Shatov/Unsplash)

    Publicistas

    MP que altera o Marco Civil da internet é inconstitucional

    Presidente da República não tem poder de editar medidas provisórias com flagrante desvio de finalidade

    Gustavo Binenbojm

  9. Foto: Edson Santos/Câmara dos Deputados
  10. Banco Central do Brasil (Brasília-DF). Crédito: Enilton Kirchhof/Flickr

    Publicistas

    Por que o STF não deve declarar inconstitucionalidade do Banco Central autônomo?

    Corte deve prestigiar a substância e não enrijecer as formas

    Gustavo Binenbojm