Concorrência

Concorrência

Cade determina que iFood pare de firmar contratos de exclusividade com restaurantes

Órgão antitruste impõe medida preventiva contra empresa

entregadores
Greve dos entregadores de aplicativos na Avenida Paulista, em São Paulo / Crédito: Roberto Parizotti/Fotos Publicas

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) impôs uma pedida preventiva contra o iFood e determinou que a empresa não firme novos contratos de exclusividade com restaurantes. Nos termos da medida preventiva, o iFood também não poderá alterar contratos já celebrados sem cláusula de exclusividade. Ao fim desses contratos, as cláusulas de exclusividade […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.