Concorrência

COVID-19

Cade adota medidas contra coronavírus para 30 dias, mas não suspende trabalhos

Somente reuniões essenciais serão realizadas entre advogados e servidores; sessões de julgamento estão mantidas

Cade
Crédito: Divulgação

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai anunciar na tarde desta quinta-feira (12/03) medidas para prevenção contra o novo coronavírus (covid-19) para os próximos 30 dias.

Segundo o JOTA apurou, o órgão antitruste vai incentivar o trabalho de casa, deixar em home office quem voltou ou vai voltar do exterior por 15 dias, cancelar a participação em treinamentos, eventos, congressos e assemelhados por 30 dias, restringir as viagens nacionais e suspender as internacionais.

Além disso, o órgão antitruste definiu que somente reuniões essenciais serão realizadas entre servidores do CADE e advogados, inclusive aquelas por call ou vídeo.

Advogados informaram ao JOTA que têm recebido e-mails com cancelamento de reuniões na autarquia.

As sessões de julgamento, como a que ocorre na próxima quarta-feira (18/03), estão inicialmente mantidas pelo órgão.