Do Supremo

STF

Turma do STF reafirma validade de Resolução do CFP contra a “cura gay”

Por unanimidade, 2ª Turma negou embargos nos termos do voto da relatora, mantendo a integralidade da norma

cura gay

Em sessão virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) finalizou o julgamento de ação que pretendia autorizar a prática da “cura gay” por psicólogos. A 2ª Turma da Corte negou, por unanimidade, embargos de declaração. Desta forma, seguem válidas todas as disposições da Resolução n° 01/99, do Conselho Federal de Psicologia (CFP).  Por meio de nota, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.