Do Supremo

Conta fake

Presidente do STF, Dias Toffoli, vai pedir remoção de perfil falso criado no Twitter

A Presidência do STF esclarece que Toffoli não possui perfis nas redes sociais

twitter
Ministro Dias Toffoli durante sessão plenária do STF / Crédito: Nelson Jr./SCO/STF

Um perfil no Twitter atribuído ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, não pertence ao ministro, conforme a assessoria de imprensa de Toffoli. O presidente do STF pedirá à empresa a remoção do perfil. 

No total, foram oito tweets publicados, sendo sete deles replicados da conta oficial do tribunal. Apenas nesta terça-feira (26/11) foi feita uma publicação direta: um comentário sobre a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a reedição do AI-5.

Guedes afirmou, nos Estados Unidos, que não é possível se assustar com a ideia de alguém pedir o AI-5 diante de uma possível radicalização dos protestos de rua no Brasil. O perfil fake de Toffoli rebateu: “AI-5 é incompatível com a democracia! Não se constrói o futuro com experiências fracassadas do passado”.

No dia 20 de novembro, o perfil começou a seguir alguns dos jornalistas setoristas da Corte. Nesta terça, o perfil segue 45 usuários e tem 341 seguidores. Apesar de estar registrado no perfil que a conta foi criada em janeiro de 2017, apenas neste mês ela começou a ser movimentada.


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito