Do Supremo

Desdobramento

Marco Aurélio critica fundo da Lava Jato e nega esvaziamento da Operação pelo STF

Segundo ministro, argumento de prejuízo à operação é extremado e não calha

Ministro Marco Aurélio na sessão da primeira turma do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, criticou, nesta terça-feira (12/3), o acordo fechado entre o Ministério Público Federal no Paraná e a Petrobras que pode resultar que pode resultar na criação de uma fundação gerida pela Lava Jato. O ministro ainda classificou de argumentou “extremado” apontar que o Supremo pode esvaziar a Lava […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.