Do Supremo

Legal e legítimo

Aras muda posição da PGR e passa a defender inquérito das fake news

Aras defendeu a participação do MPF no processo, mas mudou entendimento sobre possibilidade de instauração do INQ 4781

estado de defesa Augusto Aras pgr coronavírus
Antônio Augusto Brandão de Aras, indicado para o cargo de procurador-geral da República, durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado / Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O procurador-geral da República, Augusto Aras, alterou a posição da PGR em relação ao inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal e passou a defender a investigação como uma medida legítima e legal. A postura é diametralmente oposta à da antecessora dele, Raquel Dodge. Ela havia insurgido contra o INQ 4781 desde o primeiro […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.