Política

Veja quem são os candidatos a senador por São Paulo em 2022

Nove homens e duas mulheres disputam uma vaga no Senado Federal pelo estado paulista nas eleições de outubro

candidatos senador SP 2022
Plenário do Senado / Crédito: Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Onze candidatos a senador por São Paulo (SP) estão na disputa para assumir a cadeira de José Serra (PSDB) nas eleições de 2022. O eleitor paulista terá entre as opções de voto nomes já conhecidos no meio político e alguns estreantes.

Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, Márcio França (PSB) lidera a disputa, seguido pelo ex-ministro Marcos Pontes (PL) e pela deputada estadual Janaína Paschoal (PRTB).

O prazo para registro dos candidatos a senador por São Paulo (SP) terminou no dia 15 de agosto. A campanha eleitoral começou oficialmente no dia 16 de agosto e vai até 1º de outubro.

O primeiro turno das eleições está marcado para dia 2 de outubro e o segundo, caso necessário, irá ocorrer no dia 30 do mesmo mês.

Quiz do Nosso Papo Reto pretende incentivar o diálogo ao demonstrar que há mais opiniões que aproximam do que afastam os brasileiros. Clique aqui para jogar! 

Confira a lista dos candidatos a senador por SP em 2022

Aldo Rebelo (PDT)

O jornalista, de 69 anos, é natural de Viçosa, em Alagoas (AL). Aldo Rebelo chegou a cursar a Direito na Universidade Federal de Alagoas, mas não completou a graduação. Ingressou na carreira política em 1980, quando se filiou ao então PMDB. Depois, migrou para o PCdoB, pelo qual foi eleito vereador constituinte em São Paulo. Posteriormente, foi eleito deputado federal por 6 mandatos seguidos, entre 1991 e 2015. Nesse período, chegou a se licenciar para exercer os cargos de ministro da Secretaria de Relações Institucionais de Lula e ministro do Esporte, no governo de Dilma Rousseff. Agora Aldo Rebelo é candidato a senador por São Paulo (SP) nas eleições 2022 pelo PDT.

Antônio Carlos (PCO)

Natural de Petrópolis (RJ), Antônio Carlos Silva, 59 anos,  mora em São Paulo há mais de 30 anos e é professor de matemática na rede pública estadual. Participou da fundação do Partido dos Trabalhadores e iniciou a militância política em comunidades eclesiais de base da Igreja Católica. Atualmente, integra a executiva nacional do PCO e foi anunciado pelo partido como candidato a senador por São Paulo (SP) nas eleições de 2022.

Dr. Azkoul (DC)

Marco Antonio Azkoul, conhecido como Dr. Azkoul, 64 anos, é delegado de Polícia do Estado de São Paulo, professor e escritor. Formado em Direito, com mestrado e doutorado em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), foi o idealizador da Delegacia de Polícia Itinerante, projeto que inspirou a Justiça Itinerante. Azkoul é membro do conselho editorial da Editora Letras Jurídicas e pesquisador da Faculdade de Direito de Lisboa (Portugal). Foi anunciado como candidato ao Senado por São Paulo (SP) em 2022 pelo partido Democracia Cristã.

Edson Aparecido (MDB)

Edson Aparecido, 64 anos, é natural de São Paulo e ex-secretário municipal da Saúde de São Paulo.  Iniciou a trajetória política no movimento estudantil secundarista de oposição ao regime militar. Formado em História pela PUC-SP, foi deputado estadual pelo PSDB por dois mandatos e deputado federal por mais dois. Além disso, já ocupou o cargo de presidente da Cohab-SP e chefe da Casa Civil do governo paulista. Agora, pelo MDB, Edson Aparecido é candidato a senador por São Paulo (SP) nas eleições de 2022.

Janaína Paschoal (PRTB)

Janaína Paschoal, 47 anos, nasceu em São Paulo e atua como advogada há 20 anos. Tem doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), onde é professora de Direito Penal. Em 2015, foi uma das autoras do pedido de impeachment que levou à cassação do mandato da então presidente Dilma Rousseff (PT). Três anos depois foi eleita deputada estadual por São Paulo pelo PSL, com a votação mais expressiva recebida por um parlamentar no país: 2.060.786 de votos. Agora, no PRTB, Janaína Paschoal é candidata a senadora por São Paulo (SP) nas eleições 2022.

Mancha Coletivo Socialista (PSTU)

Luiz Carlos Prates, mais conhecido como Mancha, tem 66 anos e é metalúrgico na General Motors. Natural de Pitangueiras, interior de SP, Mancha já foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP) e foi um dos fundadores do PSTU. Mancha será candidato ao Senado por São Paulo (SP) em 2022  pela terceira vez, desta vez com uma candidatura coletiva. Mancha também já se candidatou a vereador, prefeito e vice-prefeito de São José dos Campos, mas não conseguiu se eleger em nenhuma das oportunidades.

Márcio França (PSB)

O advogado Márcio França governou o estado de São Paulo entre 2018 e 2019, depois da saída o então chefe do Executivo, Geraldo Alckmin. Durante os governos do ex-tucano, França também atuou como secretário nas pastas de Esporte, Lazer e Turismo e também na de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Antes, foi vereador e prefeito do município de São Vicente (SP), cidade que governou por dois mandatos. Em seguida, também se elegeu deputado federal. Está filiado ao PSB desde 1988 e foi oficializado como candidato ao Senado por São Paulo (SP) em 2022.

Marcos Pontes (PL)

Ex-ministro da Ciência e Tecnologia do governo Bolsonaro, Marcos Pontes, 59 anos, é formado em engenharia aeroespacial pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e tem mestrado em engenharia de sistemas pela Naval Postgraduate School, na Califórnia, EUA. Natural de Bauru, interior de São Paulo, Pontes atuou como piloto da Força Aérea Brasileira (FAB) e foi o primeiro astronauta sul-americano a viajar ao espaço. Ingressou na carreira política em 2014, quando concorreu a uma vaga de deputado federal pelo PSB, mas não obteve sucesso. Em 2018, foi eleito suplente do senador Major Olímpio. Ainda em 2018 foi convidado por Bolsonaro para assumir o Ministério de Ciência e Tecnologia e permaneceu no cargo até março desse ano. Pontes foi anunciado pelo PL como candidato a senador por São Paulo (SP) em 2022.

Ricardo Mellão (Novo)

O advogado especialista em Direito Administrativo, tem 36 anos e é deputado estadual por São Paulo, em primeiro mandato. Ricardo Mellão se identifica como de direita liberal e, em 2017, foi assessor especial de desburocratização na Secretaria Municipal de Gestão, chefiada por Paulo Uebel. Antes de dar início à carreira política, trabalhou em consultorias privadas nas áreas de economia, infraestrutura e parcerias público-privadas. Mellão, do Novo. Mellão é candidato ao Senado por São Paulo (SP) nas eleições 2022.

Tito Bellini (PCB)

Tito Flávio Belline, 46 anos, é professor universitário. Natural de Santos (SP), litoral paulista, possui graduação, mestrado e doutorado em Historia e foi professor da rede pública municipal de Franca (SP). Bellini também já foi candidato a prefeito de Franca nas eleições de 2008. Em 2020, foi candidato a vice-prefeito na chapa Marília Martins, mas não conseguiu se eleger. Agora, foi oficializado pelo PCB como candidato a senador por São Paulo (SP) em 2022.

Vivian Mendes (UP)

Formada em Comunicação Social, Vivian Mendes, 41 anos, é militante na defesa dos direitos da mulher e pelos direitos humanos. Nascida na cidade de São Paulo, Mendes trabalhou na Comissão da Verdade Rubens Paiva e é membro da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos da Ditadura. Ela também é fundadora do Movimento de Mulheres Olga Benário e preside o diretório estadual da UP, partido pelo qual foi anunciada como candidata a senadora por São Paulo (SP) nas eleições de 2022.

Quiz do Nosso Papo Reto pretende incentivar o diálogo ao demonstrar que há mais opiniões que aproximam do que afastam os brasileiros. Clique aqui para jogar!