Opinião & Análise

60 anos do julgamento de Eichmann

Entre a forca e a justiça: a sombra da banalidade do mal

A solução para evitar um genocídio não é dar mais poder e arbítrio ao Estado

Imagem mostra o nazista Adolf Eichmann sendo julgado em Jerusalém em 1961
O nazista Adolf Eichmann em julgamento em Jerusalém em 1961 (Crédito: encyclopedia.ushmm.org)

Um homem de complexidade definhada, óculos largos e grossos que afundam seu rosto já naturalmente sugado pelos poços depressivos de onde se permite apenas deduzir serem seus olhos. Na prática, é apenas uma sombra. O ano era 1961 e começava em Jerusalém o julgamento de um dos maiores algozes da história da humanidade: Otto Adolf […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.