Opinião & Análise

arte

Arte do sumiço: lacunas legais e apatia no combate ao roubo de arte

Mesmo gerando deficits bilionários na economia mundial, roubo de arte não é tratado com seriedade por autoridades

Em 1911, a Mona Lisa foi roubada por Vicenzo Peruggia, que prestava serviços ao Louvre. Ele só foi preso dois anos depois, quando tentou vender a obra para a Galeria Uffizi, em Florença. Imagem: Pixabay

O mundo dos roubos de arte acumula histórias que muitas vezes parecem ter saído dos livros de Sir Arthur Connan Doyle, a mente por trás das fantásticas aventuras do famoso detetive Sherlock Holmes. Algumas envolvem planos mirabolantes, enquanto outras são tão simples quanto entrar e pegar, como fez o ladrão que simplesmente entrou no salão […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.