Do Supremo

STF

STF mantém primeira condenação de insider trading do país

Caso envolve ex-executivos da Sadia Luiz Murat e Ancelmo Fontana

ações, bolsa de valores
Crédito: Pixabay

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou, por unanimidade, o agravo regimental 971036, dos ex-executivos da Sadia Luiz Murat e Ancelmo Fontana e, assim, manteve a primeira condenação criminal por uso indevido de informação privilegiada (insider trading) do Brasil. Murat havia sido condenado a dois anos e seis meses de reclusão e Fontana, a dois anos e […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.