Do Supremo

Alexandre de Moraes

Conselho de Política Criminal do MJ tem novo desfalque

Marcos Fuchs, da ONG Conectas, entregou cargo nesta quinta (26/1)

Crédito: Carlos Humberto/STF

Um dia após a renúncia de sete membros do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), do Ministério da Justiça, o grupo de demissionários ganhou reforço: entregou o cargo Marcos Fuchs, diretor-adjunto da ONG Conectas.

O desligamento do advogado foi apresentado ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, nesta quinta-feira (26/01). Fuchs é marido de Flávia Piovesan, atual secretária especial de Direitos Humanos – órgão do Ministério da Justiça.

+JOTAConselho de Política Criminal do MJ tem renúncia coletiva

A demissão em massa dos conselheiros do CNPCP é uma reação à atual política prisional que vem sendo adotada por Alexandre de Moraes.

Criado em 1980, o conselho conta com 13 integrantes e é responsável pelo monitoramento das condições dos presídios e articulação das políticas carcerárias do país.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito