Fernanda Botelho de Oliveira Dixo

Graduada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com pós-graduação em Direito Processo Civil e formação em práticas colaborativas. Sócia responsável pelas áreas do Direito de Família e das Sucessões, Planejamento Sucessório e Contencioso Cível do escritório Lacaz Martins, Pereira Neto e Gurevich e Schoueri Advogados, com sólida experiência em resoluções de conflitos em referidas áreas

A atuação com perspectiva de gênero por um Judiciário mais igualitário

Apesar de evolução legislativa e jurisprudencial, ainda é possível ver mulheres sendo vítimas de um sistema sexista

perspectiva de gênero
Crédito: Unsplash

Últimas Notícias sobre

  1. Arco-íris ao entardecer visto da Estátua da Justiça. Crédito: Fellipe Sampaio/SCO/STF

    Elas no JOTA

    20 anos do Código Civil: uma trajetória de retrocessos, avanços e incertezas

    Embora tenha ‘nascido velho’, texto de 2002 garantiu um modelo de justiça mais igualitário

    Camilla Ayala Felisberto Silva, Fernanda Botelho de Oliveira Dixo