Saúde

Anvisa

Anvisa nega motivação política para ainda não ter autorizado uso da Sputnik-V

Agência regulatória listou exigências não cumpridas pela União Química

Diretores da Anvisa decidem autorizar uso emergencial da CoronaVac e da CoviShield Vacina Johnson & Johnson
Reunião da diretoria colegiada da Anvisa que autorizou uso emergencial de vacinas (Foto: Anvisa)

Diante da pressão para liberação do uso da Sputnik-V no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou dois comunicados em que nega motivação política e lista uma série de exigências de documentação ainda não cumpridas pela União Química, representante do imunizante no Brasil. Nesta semana, integrantes do Consórcio de Governadores do Nordeste assinaram […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.