Legislativo

Em parecer

Relator prevê ampliação de R$ 72,6 bilhões na receita do Orçamento 2022

Relator destaca que o aumento na receita não significa a ampliação na capacidade de gasto do governo

inovação, economia
Ministério da Economia / Crédito: Marcello Casal Jr.
logo do jota pro poder, na cor azul royal

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), relator da receita no projeto de lei do Orçamento 2022, prevê uma ampliação da receita de R$ 72,6 bilhões, em parecer apresentado nesta terça-feira (23/11). Com o acréscimo, considerando a última projeção do governo para o PIB, a receita total sobe de 20,8% para 21,3% do PIB, e a receita líquida, de 17% para 17,2%.

O relator destaca que o aumento na receita não significa a ampliação na capacidade de gasto do governo, uma vez que as despesas permanecem limitadas pela regra do teto de gastos. (Leia a íntegra do parecer)

Em seu parecer, Oriovisto diz que a previsão de receita ainda pode ser revista, com base em relatórios mais atuais emitidos posteriormente pelo governo.

O parecer com o relatório de receitas do Orçamento 2022 está na pauta da reunião da Comissão Mista de Orçamento da quarta-feira (24/11).

O Congresso Nacional começou a analisar em outubro a proposta de Orçamento da União para 2022. O texto enviado pelo Executivo previa um déficit de R$ 49,6 bilhões nas finanças do governo federal. Já para o produto interno bruto (PIB), a proposta estima um crescimento de 2,51% em relação a 2021. O salário mínimo iria para R$ 1.169,00. O texto destina R$ 34,7 bilhões ao programa Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família.

Com informações da Agência Senado