STJ

TRF3 não terá que esclarecer rejeição de denúncia contra agente da ditadura

Delegado foi denunciado pelo MPF por sequestro de líder sindical nos anos 1970

Araguaia
Ato que marcou a implantação da ditadura militar no Brasil é lembrado por politicos e familiares das vitimas no prédio que abrigou o DOI-CODI. Crédito: Paulo Pinto/Fotos Públicas

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) não terá que prestar esclarecimentos sobre decisão que rejeitou denúncia contra o delegado Dirceu Gravina por crimes cometidos durante a ditadura militar. Ele é acusado de sequestro qualificado do bancário e líder sindical Aluízio Palhano Pedreira Ferreira, conhecido como Palhano – preso em 1971 pelo regime ditatorial […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.