Justiça

STJ

STJ nega penhora de bem de família para pagar honorários

Decisão é da 4ª Turma; ministro Buzzi desempatou julgamento

Ministro Marco Buzzi STJ, crédito divulgação

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu que não é possível penhorar bem de família para o pagamento de honorários advocatícios. O julgamento foi concluído nesta terça-feira (09/5), após voto de desempate do ministro Marco Buzzi. O placar ficou em 3 votos a 2. O julgamento estava dividido, com dois ministros favoráveis […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.