Justiça

Rio de Janeiro

CNJ recebe representações contra desembargadora que acusou Marielle Franco

PSOL e juristas afirmam que desembargadora feriu Lei Orgânica da Magistratura; sigla recebeu 16 mil denúncias de difamação à vereadora

Marielle, PF
A vereadora Marielle Franco, no plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. (Crédito: ASCOM/Câmara Municipal)

O Conselho Nacional de Justiça recebeu na noite desta segunda-feira (19/3) representações disciplinar contra a desembargadora Marilia de Castro Neves Vieira, da 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), após suas declarações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco. Uma ação foi apresentada pelo PSOL, partido da política, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.