Justiça

TJSP

PM confessou um tiro e foi condenado por 73 mortes, aponta desembargador do caso Carandiru

Para Edison Brandão, Polícia Militar também foi vítima do caso

Um policial militar que confessou ter dado um disparo no massacre do Carandiru foi condenado por 73 mortes, enquanto outro, que confessou ter dado cinco tiros, foi condenado por 13 mortes. Esse foi um dos argumentos do desembargador Edison Brandão, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), em seu voto […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.