Em Campos dos Goytacazes

PF deflagra operação para prender suspeitos de organizar atos golpistas após eleição

Agentes foram às ruas para cumprir cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária

PF deflagra operação para prender suspeitos de organizar e participar de atos antidemocráticos - Crédito: Divulgação

A Polícia Federal no Rio de Janeiro deflagrou na manhã desta segunda-feira (16/01) uma operação para cumprir cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária de investigados de participar e organizar atos golpistas depois do segundo turno das eleições presidenciais, incluindo a depredação de prédios dos Três Poderes no dia 8 de janeiro deste ano.

A investigação busca identificar lideranças locais que bloquearam as rodovias que transpassam o município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, a organização das manifestações em frente aos quartéis do Exército na cidade e também a participação dos investigados e de lideranças na organização e financiamento dos atos de depredação de prédios públicos em Brasília.

A PF informou que colheu ao longo das investigações provas capazes de vincular os investigados na organização e liderança dos eventos. Os mandados judiciais da Operação Ulysses, desencadeada hoje, foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Os investigadores recolheram celulares, computadores e documentos e espera que os materiais ajudem a identificar outros participantes dos atos antidemocráticos.

Os crimes investigados são associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e incitação das Forças Armadas contra os poderes institucionais.