Manoel Pereira Calças é eleito presidente do TJ-SP

Desembargador recebeu 213 votos no segundo turno contra 124 votos de Ademir Benedito

O desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças foi eleito nesta quarta-feira (06/12) como presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para o biênio 2018/2019.

Pereira Calças recebeu 213 votos no segundo turno enquanto o desembargador Ademir de Carvalho Benedito ficou com 124 votos. Votam para os cargos de direção (presidente, vice-presidente e corregedor-geral) todos os 359 desembargadores do TJ-SP.  Veja a contagem completa dos votos.

A disputa para o cargo de vice-presidente foi bastante acirrada. O desembargador Artur Marques da Silva Filho foi eleito com 169 votos, três a mais que o desembargador Renato de Salles Abreu Filho (166 votos).

Na Corregedoria Geral da Justiça, foi eleito o desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco com 174 votos, ao derrotar Fernando Antonio Maia da Cunha, com 162 votos.

+JOTA: Leia entrevista com Manoel Pereira Calças, publicada em 2015

Currículo

Manoel de Queiroz Pereira Calças nasceu em abril de 1950 na cidade de Lins (SP). Formou-se pela Faculdade de Direito de Bauru, turma de 1972. Ingressou na Magistratura no ano de 1976, como juiz substituto da 15ª Circunscrição Judiciária, com sede em São José do Rio Preto. Durante a carreira trabalhou nas comarcas de Paulo de Faria, Capão Bonito, Tanabi, São José do Rio Preto e São Paulo. Em 1995 foi promovido para o 2º Tribunal de Alçada Civil. Alcançou o posto de desembargador do TJSP no ano de 2005. Foi vice-diretor da Escola Paulista da Magistratura (EPM) no biênio 2014/2015 e corregedor-geral da Justiça de São Paulo no biênio 2016/2017.

Comentários