Justiça

Operação Spoofing

Leia decisão da Justiça Federal que prendeu suspeitos de serem hackers

Quatro estão presos por suspeita de invasão de celulares de autoridades

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro / Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Justiça Federal do Distrito Federal divulgou nesta quarta-feira (24/7) a íntegra da decisão que autorizou a Operação Spoofing para desarticular organização criminosa que praticava crimes cibernéticos e que teria tentado invadir o celular do ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro e do procurador da República Deltan Dallagnol e de delegados da PF.  (Leia a íntegra da decisão)

A decisão é da 10ª Vara da Justiça Federal, em Brasília. A investigação ainda não conseguiu estabelecer se o grupo sob investigação  tem ligação com o pacote de mensagens divulgadas pelo The Intercept Brasil.

Foram cumpridas 11 ordens judiciais, sendo sete Mandados de Busca e Apreensão e quatro Mandados de Prisão Temporária, nas cidades de São Paulo/SP, Araraquara/SP e Ribeirão Preto/SP. As prisões e buscas são de supostos hackers ou de pessoas que teriam atuado em conjunto com eles.

Em Araraquara, a PF cumpriu os mandados na casa da avó de um suspeito. Ele não estava em casa. Outros dois homens e uma mulher foram presos, e devem ser transferidos para Brasília.

Segundo a PF, Spoofing é um tipo de falsificação tecnológica que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

Moro e procuradores da Lava Jato estão no centro de uma polêmica após a divulgação do Intercept Brasil de mensagens atribuídas ao ex-juiz e aos investigadores que mostrariam tratativas envolvendo o andamento da Operação, como o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa do petista usa o vazamento para tentar garantir a soltura do ex-presidente e reverter a condenação no caso triplex, que está em fase recursal no Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Faça o cadastro gratuito e leia até 10 matérias por mês. Faça uma assinatura e tenha acesso ilimitado agora

Cadastro Gratuito

Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito