Justiça

STJ

Google deve fornecer IP de quem pesquisou sobre Marielle próximo ao dia do crime

STJ confirmou decisão proferida pelo TJRJ. Google argumentava que pedido é genérico e desproporcional

Marielle, PF
A vereadora Marielle Franco, no plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. (Crédito: ASCOM/Câmara Municipal)

Por maioria de votos, a 3ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou nesta quarta-feira (26/8) que o Google Brasil deve fornecer informações como IPs e Device IDs de usuários que pesquisaram pelo nome e agenda da vereadora Marielle Franco nos dias que antecederam o crime. A discussão ocorreu no âmbito do RMS 60698/RJ, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.