Justiça

Ausência de provas

Estado é condenado por manter prisão preventiva por prazo excessivo

1ª Turma do STJ manteve indenização de 200 salários mínimos contra o estado do Amazonas

prisão
Crédito: Pixabay

Por unanimidade, a 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve, nessa terça-feira (26/6), a condenação do estado do Amazonas pela prisão preventiva de um homem por prazo excessivo. Depois de três anos preso por suposta prática de estupro a menor, o homem foi absolvido por falta de provas. A ação foi apresentada pelos […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.