Justiça

Ausência de indícios

CNJ arquiva reclamação contra Ivan Sartori sobre massacre do Carandiru

Plenário não viu elementos para abrir PAD. Entidades de direitos humanos pediam apuração sobre possível parcialidade

carandiru
Desembargador Ivan Sartori, do TJSP/ Divulgação TJSP

O desembargador aposentado Ivan Sartori, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) teve arquivada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na tarde desta terça-feira (22/10), a reclamação que apuraria condutas no julgamento de recurso do massacre do Carandiru, em setembro de 2016, e declarações posteriores. A decisão foi tomada, por maioria, […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.