STF

Cármen Lúcia dispensa Rio de Janeiro de nomear mil professores

A presidente do STF afirmou que a crise financeira justifica o atraso na nomeação dos aprovados em concurso

Cármen Lúcia checagem jornalística
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que havia determinado ao governo do estado a contratação de cerca de mil professores. Em meio à crise financeira vivida no RJ, sustentou a magistrada, é justificável que haja atraso na nomeação dos aprovados […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.