Justiça

TJSP

Beneficiário de plano coletivo pode questionar cláusulas

Para 3ª Turma do STJ, beneficiários têm legitimidade ativa

ação de levantamento da curatela
Flickr - Nancy Andrighi

A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na última quinta-feira (09/11) que os beneficiários de planos de saúde coletivos têm legitimidade ativa para questionar cláusulas do contrato. O caso chegou à Corte por meio de um recurso de uma beneficiária de plano de saúde coletivo que teve o contrato rescindido. Ela foi […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.