Processo administrativo

Após cinco anos, AGU demite procuradores investigados na Operação Porto Seguro

Servidores do alto escalão da AGU eram investigados por venda de pareceres técnicos para fins privados

planalto, AGU
Edifício sede da Advocacia-Geral da União (AGU). Crédito: Flickr/@advocaciageraldauniao

A Advocacia-Geral da União (AGU) demitiu três advogados públicos investigados pela Operação Porto Seguro, deflagrada em 2012 pela Polícia Federal para apurar a venda de pareceres técnicos em órgãos públicos. As demissões foram publicadas nesta terça-feira (3/7) e na segunda-feira (2/7) no Diário Oficial da União (DOU), e assinadas pela advogada-Geral da União substituta, Maria […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.