Justiça

Congresso

Mais 12 juízas se desfiliam da AMB por falta de representatividade feminina

Andréa Pachá, primeira mulher a presidir a instituição, é uma delas. Falta de mulheres em Congresso foi estopim de protesto

AMB
Solenidade de posse dos Conselhos Executivo e Fiscal da AMB / Crédito: Sheyla Leal/AscomAMB

Ao menos mais 12 juízas aderiram ao movimento de desfiliação da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), iniciado por Rejane Zenir Jungbluth Suxberger e seguido por Geilza Diniz e Carla Patrícia, todas atuantes no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). As juízas consideram que a entidade praticou “machismo institucional” por causa da falta de representatividade feminina entre […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.