Jotinhas

crime da 113 Sul

Filha de José Guilherme Villela é condenada a 67 anos e 6 meses de prisão

De acordo com a acusação, Adriana Villela encomendou assassinato de pais e da empregada da família em 2009

Julgamento da arquiteta Adriana Villela, acusada de ser a mandante do assassinato de seus pais e da empregada da família, no Tribunal do Júri de Brasília / Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Depois de dez dias, no que foi o julgamento mais longo da história do Distrito Federal, o tribunal do Júri de Brasília condenou a arquiteta Adriana Villela, 55 anos, a 67 anos e 6 meses de reclusão, como mandante dos assassinatos do pai, o advogado José Guilherme Villela, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, de sua […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.