Eleições 2022

Quem são os candidatos a senador pelo Rio de Janeiro em 2022

Disputa pela cadeira no Senado pelo estado carioca tem dez concorrentes, a maioria conhecida pelo eleitorado

candidatos senador RJ 2022
Plenário do Senado | Crédito: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Dez nomes são candidatos a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) nas eleições de 2022. Eles estão na disputa pela cadeira hoje ocupada por Romário (PL), que concorre à reeleição e lidera as pesquisas de intenção de voto.

Inicialmente, foram homologadas 14 candidaturas ao Senado Federal, porém as chapas de Daniel Silveira (PTB), Professor Helvio Costa (DC) e Antonio Hermano (PCO) foram indeferidas pela Justiça Eleitoral e aguardam o julgamento do recurso. Já Paulo Marcelo (PMB) renunciou e foi substituído por Sued Haidar (PMB).

Como o Rio de Janeiro é um reduto eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PL), vários dos candidatos ao Senado no estado são alinhados ao chefe do Executivo. As eleições estão marcadas para ocorrer no dia 2 de outubro e o segundo turno, caso necessário, será realizado no dia 30 de outubro.

Confira a lista com os candidatos a senador pelo RJ nas eleições de 2022

Quiz do Nosso Papo Reto pretende incentivar o diálogo ao demonstrar que há mais opiniões que aproximam do que afastam os brasileiros. Clique aqui para jogar! 

Alessandro Molon (PSB)

Alessandro Molon, 50 anos, nasceu em Belo Horizonte (MG), mas cresceu no Rio de Janeiro (RJ). É advogado e mestre em História e chegou a trabalhar como professor na rede pública. Ingressou na política em 2003 quando, filiado ao PT, se elegeu deputado estadual pela primeira vez. Em 2006, foi reeleito. Atualmente, cumpre o 3º mandato na Câmara dos Deputados. Nesse período, foi relator do Marco Civil da Internet, em 2014, ano em que deixou o PT pela Rede. Está desde 2018 no PSB e agora é o candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro (RJ) nas eleições de 2022.

André Ceciliano (PT)

André Ceciliano nasceu no Rio de Janeiro, onde se formou em Direito, antes de trabalhar no mercado financeiro e ter uma corretora de valores. Em 1989, decidiu participar da política e se filiou ao PT. Foi eleito pela primeira vez em 1998, para o cargo de deputado estadual, aos 30 anos. Anos depois, foi eleito prefeito de Paracambi. Ceciliano voltou à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em 2011, e foi reeleito para mais dois mandatos. Atualmente, é presidente da Casa e candidato a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022 do PT.

Bárbara Sinedino (PSTU)

Bárbara Del Penho Sinedino, 36 anos, é formada em Administração. Dirigente sindical e militante das lutas sociais, ela é nascida na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e, pela primeira vez, é candidata a senadora pelo RJ em 2022.

Cabo Daciolo (PDT)

Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, mais conhecido como Cabo Daciolo, 46 anos, é bombeiro militar e pastor evangélico. Nascido em Florianópolis (SC), Daciolo iniciou a trajetória como político em 2014, quando foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro (RJ) filiado ao PSOL. Em 2018, foi lançado pelo Patriota como candidato a Presidente da República e se tornou conhecido nacionalmente pelo seu desempenho nos debates eleitorais. Ele terminou a disputa em sexto lugar. Daciolo concorre pela primeira vez ao Senado pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022.

Clarissa Garotinho (União Brasil)

Clarissa Garotinho tem 39 anos e é jornalista, além de filha de Anthony e Rosinha Garotinho, que já governaram o Rio de Janeiro. Aos 20 anos, foi dirigente da União Nacional dos Estudantes e disputou o primeiro cargo público em 2008, quando se elegeu vereadora na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Em 2012, foi eleita deputada estadual. Dois anos depois, conquistou uma cadeira na Câmara dos Deputados, para a qual foi reconduzida em 2018. Ao longo desse período, Clarissa Garotinho se licenciou para chefiar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação na gestão de Marcelo Crivella. Ela já passou por 8 partidos: PMDB, PDT, PSB, PR, DEM, PRB, Pros e por fim, União Brasil, legenda pela qual é candidata a senadora pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022.

Hiran Roedel (PCB)

Hiran Roedel, 61 anos, nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e é dirigente nacional do PCB. Formado em História pela UFRJ, foi professor da educação privada, passando a atuar na base do Sindicato dos Professores de escolas privadas (Sinpro-RJ), onde foi diretor entre 2011 e 2014. Começou a trajetória política no movimento sindical bancário, em 1982. Foi candidato a vereador da capital fluminense em 2012, mas não obteve sucesso. O PCB oficializou Hiran Roedel como candidato a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022.

Marcelo Itagiba (Avante)

O advogado carioca de 66 anos atuou como delegado da Polícia Federal. Na organização foi chefe da seção de Fiscalização do Tráfego Internacional. Chegou a ser assessor especial do Ministério da Saúde em 1999, na gestão de José Serra (PSDB). Em 2002, assumiu a Superintendência da PF no Rio de Janeiro. No ano seguinte, deixou a corporação para se filiar ao então PMDB, quando foi secretário de segurança do estado. Em 2006, Itagiba foi eleito deputado federal. O relatório final da CPI das Milícias do estado do Rio de Janeiro apontou a suposta ligação de Itagiba com esses grupos criminosos, o que ele nega. Em 2009, trocou o PMDB pelo PSDB, e depois pelo Avante, partido pelo qual disputa as eleições 2022 como candidato a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022.

Raul Bittencourt (UP)

Nascido na cidade do Rio de Janeiro (RJ), Raul Bittencourt, 46 anos, é formado em Direito. Servidor do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e diretor licenciado do Sindicato dos servidores federais dos municípios do Rio de Janeiro (Sindsep-RJ), Bittencourt participou do processo de fundação da UP no estado. Nas eleições de 2020, foi candidato a vereador pela cidade do Rio de Janeiro (RJ) pelo partido. Agora, o UP homologou a candidatura de Raul Bittencourt a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) nas eleições de 2022.

Romário (PL)

O senador Romário tem 56 anos e nasceu no Rio Janeiro (RJ). Antes de ingressar na política, ele ficou nacionalmente conhecido como jogador de futebol e integrou a seleção brasileira tetracampeã mundial. A carreira no esporte, que começou em 1985, foi até 2007. Nesse período, chegou a cursar Educação Física, mas não concluiu a graduação. Em 2010, Romário conquistou uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo PSB. Em 2014, foi eleito senador para a legislatura que se encerra neste ano. Pai de uma menina com Síndrome de Down, destacou-se por ter sido autor de projetos voltados para pessoas com deficiência. Foi oficializado como o candidato a senador pelo Rio de Janeiro (RJ) em 2022 pelo PL. Segundo as pesquisas de intenção de voto, atualmente é o candidato favorito a vaga.

Sued Haidar (PMB)

Sued Haidar, 63 anos, é natural de São Luís Gonzaga do Maranhão (MA), mas mora no Rio de Janeiro há mais de 40 anos.  É presidente do Partido da Mulher Brasileira (PMB) e em 2018 concorreu a deputada federal e não foi eleita. Nas eleições de 2020, foi candidata a prefeita da cidade do Rio de Janeiro (RJ), mas também não obteve sucesso. Agora, é candidata a senadora pelo Rio de Janeiro (RJ) nas eleições de 2022.

Quiz do Nosso Papo Reto pretende incentivar o diálogo ao demonstrar que há mais opiniões que aproximam do que afastam os brasileiros. Clique aqui para jogar!