Eleições 2022

Saiba quem são os candidatos ao Senado pelo Paraná em 2022

Sergio Moro e mais sete candidatos já foram confirmados para a disputa de outubro. Álvaro Dias também deve ser confirmado

candidatos senado paraná
Plenário do Senado Federal / Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado

As convenções partidárias já começaram a anunciar os nomes dos candidatos ao Senado pelo Paraná nas eleições de 2022. Até o momento, oito candidaturas foram oficializadas pelas legendas.

No pleito de outubro, a cadeira que estará em disputa é a do senador Álvaro Dias (Podemos), cujo mandato termina em dezembro. Dias já sinalizou que será candidato à reeleição e terá como principal concorrente o ex-juiz Sergio Moro (União Brasil), que lidera as pesquisas de intenção de voto.

O prazo para decidir quem serão os candidatos ao Senado pelo Paraná termina em 5 de agosto. O registro das candidaturas deve ser feito até dia 15 de agosto junto à Justiça Eleitoral.

Vale ressaltar que o mandato de senador é de oito anos, diferentemente dos outros cargos em disputa. O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 2 de outubro e o segundo, caso necessário, ocorre no dia 30 do mesmo mês.

Confira a lista de candidatos ao senado pelo Paraná em 2022

Assinantes do JOTA PRO Poder conhecem as pautas que vão movimentar os Três Poderes com semanas ou até meses de antecedência. Acompanhe a evolução dos cenários com nossos analistas. Experimente o JOTA PRO Poder grátis

Aline Sleutjes (Pros)

Nascida em Castro (PR), Aline Sleutjes tem 42 anos e é graduada em Educação Física, além de pós-graduada em Gestão Escolar. Além de diretora escolar, foi chefe de gabinete na Assembleia Legislativa do Paraná. Se lançou na política em 2004, quando se elegeu vereadora pelo PSDB. No segundo mandato, trocou a sigla pelo PSDC. Em 2018, chegou à Câmara dos Deputados pelo PSL, e depois migrou para o Pros quando a antiga legenda se uniu ao DEM. Aline Sleutjes foi oficializada pelo Pros como candidata ao Senado pelo Paraná (PR) em 2022.

Guto Silva (PP)

Natural de Maringá (PR), Guto Silva tem 45 anos e é empresário da área de comércio exterior. Formado em Administração, ele foi consultor internacional de empresas do Sebrae. Começou na política em 2009, quando assumiu a cadeira de vereador de Pato Branco. Silva se licenciou do cargo em 2012 para se tornar subchefe da Casa Civil do estado. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual, período em que também comandou, novamente, a Casa Civil. Guto Silva foi confirmado como candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições 2022.

Cesar Silvestri Filho (PSDB)

Cesar Silvestri Filho, 41 anos, é formado em Direito e já foi deputado estadual e prefeito da cidade de Guarapuava (PR) por dois mandatos, de 2013 a 2020. Silvestri Filho era filiado ao Podemos, mas deixou o partido em 2022 para ingressar no PSDB. Chegou a ser cotado para o governo do estado, mas foi oficializado como candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições de 2022.

Desiree Salgado (PDT)

Eneida Desiree Salgado tem 47 anos e é formada em Direito com mestrado e doutorado em Direto do Estado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Nascida em Curitiba (PR), Salgado é professora universitária e pesquisadora do Núcleo de Investigações Constitucionais da UFPR. Desiree Salgado se filiou ao PDT em 2021 e será candidata ao Senado pelo Paraná (PR) em 2022.

Laerson Matias (PSOL)

Laerson Matias, 59 anos, é bancário e sindicalista. Nasceu em São Miguel do Oeste (SC), mas cresceu em Cascavel (PR). Ingressou no PT na década de 1990 e concorreu pela primeira vez a um cargo público em 2002, quando disputou uma vaga como deputado estadual. Já foi também candidato a deputado estadual, em 2006, e a vereador de Cascavel, em 2016, mas não foi eleito. Matias ajudou a formar o PSOL no Paraná e atualmente é o presidente do partido no estado. No pleito deste ano, foi anunciado como candidato ao Senado pelo Paraná (PR) em 2022 pela federação PSOL/Rede.

Sergio Moro (União Brasil)

Nascido em Maringá, no Paraná, Sergio Moro, 50 anos, é ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro. Formado em Direito com mestrado em Direito do Estado e o doutorado na área de Direito Constitucional, Moro ganhou destaque nacional após a Operação Lava Jato. Inicialmente, o ex-juiz era cotado para concorrer à Presidência da República, mas desistiu. Depois, tentou transferir seu domicílio eleitoral para concorrer ao Senado pelo estado de São Paulo, mas o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) inviabilizou o movimento. Sergio Moro acabou sendo oficializado pelo União Brasil como candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições de 2022.

Orlando Pessuti (MDB)

Nascido no município de Califórnia (PR), Orlando Pessuti, 69 anos, é ex-governador do Paraná. Formado em Medicina Veterinária, foi presidente do Conselho Regional da categoria em 1987. Pessuti ingressou na vida política como deputado estadual após vencer as eleições de 1982 e ficou no cargo por cinco mandatos consecutivos. Nesse período, chegou a presidir a Assembleia Legislativa. Em 2002, foi eleito vice-governador do estado na chapa de Roberto Requião e reeleito em 2006. Em 2010, assumiu o governo do Paraná. Pessuti também já foi secretário da Agricultura do Paraná e diretor-presidente do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Agora, foi anunciado pelo MDB como candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições de 2022

Roberto França (PCO)

Roberto França é militante do PCO e professor universitário, especializado em geopolítica e economia política. Formado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), possui mestrado e doutorado na mesma área. França é morador de Foz do Iguaçu e será candidato ao Senado pelo Paraná (PR) pela primeira vez.

Veja a lista dos pré-candidatos ao Senado pelo Paraná em 2022

Álvaro Dias (Podemos)

Álvaro Dias, de 77 anos e paulista de Quatá, é formado em História pela Universidade Estadual de Londrina e trabalhou como professor. Acumula uma longa carreira política: foi eleito pela primeira vez a um cargo público em 1968, como vereador de Londrina. Dois anos depois, se elegeu deputado estadual pelo Paraná. No pleito de 1974, conquistou uma cadeira na Câmara dos Deputados, onde permaneceu por dois mandatos. Na sequência, chegou ao Senado, mas se licenciou do mandato ao ser eleito governador em 1986. Voltou ao Senado na eleição de 1999, e desde então se reelegeu 3 vezes ao cargo. Neste ano, é um dos cotados a ser mais uma vez candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições 2022.

Paulo Martins (PL)

Paulo Martins, 39 anos, é natural de Presidente Venceslau (SP) e é jornalista. Ele se tornou conhecido como comentarista da afiliada do SBT no Paraná ao dar opiniões de viés direitista. Ingressou na política em 2014, mas perdeu a eleição para deputado federal no Paraná. Contudo, conquistou a suplência e chegou a assumir o mandato por sete meses em 2016. Em 2018, foi eleito para a Câmara dos Deputados. É apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para ser candidato ao Senado pelo Paraná (PR) nas eleições 2022.

Assinantes do JOTA PRO Poder conhecem as pautas que vão movimentar os Três Poderes com semanas ou até meses de antecedência. Acompanhe a evolução dos cenários com nossos analistas. Experimente o JOTA PRO Poder grátis