Eleições 2022

Eleições 2022

Quem são os pré-candidatos a governador de Mato Grosso do Sul em 2022

Disputa pelo governo sul-mato-grossense tem seis nomes já anunciados pelos partidos

governo MS
Governadoria - sede do governo de Mato Grosso do Sul | Crédito: Governo do estado de Mato Grosso do Sul

A disputa pelo governo de Mato Grosso do Sul nas eleições de 2022 ocorre apenas em outubro, mas os partidos já começaram a divulgar os possíveis postulantes ao cargo. Até o momento, seis nomes já foram apresentados como pré-candidatos a governador de MS.

O ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD), a deputada federal Rose Modesto (União Brasil) e o ex-governador André Puccinelli (MDB) são alguns dos pré-candidatos já lançados.

Vale lembrar que os candidatos a governador de MS podem ser indicados ou trocados pelos partidos até 5 de agosto, quando termina o prazo para a escolha dos representantes. O registro das candidaturas deve ser feito até 15 de agosto.

Confira lista dos possíveis candidatos a governador de MS

Marquinhos Trad (PSD)

Marcos Marcello Trad, conhecido como Marquinhos Trad, é ex-prefeito de Campo Grande e pré-candidato a governador de MS pelo PSD. Natural de Campo Grande, Trad é advogado e filho do ex-deputado federal Nelson Trad. Ele já foi presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do estado, vereador de sua cidade natal, secretário municipal de Assuntos Fundiários na gestão do prefeito André Puccinelli e exerceu três vezes o mandato de deputado estadual. Foi filiado ao PMDB, migrando para o PSD em 2016, quando se candidatou a prefeitura de Campo Grande. Foi eleito prefeito e reeleito em 2020, mas deixou o cargo recentemente para ser candidato a governador de Mato Grosso do Sul em 2022.

André Puccinelli (MDB)

Nascido em Viareggio, na Itália, André Puccinelli é médico, ex-prefeito de Campo Grande e ex-governador do Mato Grosso do Sul por dois mandatos. Também foi secretário estadual da Saúde, deputado estadual por dois mandatos e deputado federal. Em 2017 e em 2018, chegou a ser preso preventivamente pela Polícia Federal durante as investigações da Operação Lama Asfáltica. Até hoje não há decisão de primeira instância sobre o caso. É pré-candidato do MDB para voltar a ocupar o cargo de governador de MS em 2022.

Eduardo Riedel (PSDB)

Ex-secretário Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel foi lançado como pré-candidato a governador de MS pelo PSDB nas eleições de 2022. Nascido no Rio de Janeiro, é formado em Ciências Biológicas com mestrado em Zootecnia. Nunca concorreu a cargos políticos antes, tendo atuado a maior parte da carreira no setor privado. Riedel chegou a ser nomeado uma das cem personalidades mais influentes do agronegócio brasileiro. Foi vice-presidente e diretor da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica por seis anos, de 2015 a 2021.

Rose Modesto (União Brasil)

Rose Modesto é professora formada em História e deputada federal pelo MS em primeiro mandato. Natural de Fátima do Sul (MS), Modesto foi vereadora pela capital sul-mato-grossense por dois mandatos e atuou como vice-governadora na primeira gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Em 2015, foi nomeada secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, porém deixou os cargos em 2016, para concorrer à prefeitura de Campo Grande, mas não se elegeu. Recentemente, Modesto saiu do PSDB e ingressou no União Brasil para concorrer ao governo do estado pela legenda.

Assinantes do JOTA PRO Poder conhecem as pautas que vão movimentar os Três Poderes com semanas ou até meses de antecedência. Acompanhe a evolução dos cenários com nossos analistas. Experimente o JOTA PRO Poder grátis.

Capitão Contar (PRTB)

Renan Barbosa Contar, mais conhecido como Capitão Contar, é deputado estadual pelo Mato Grosso do Sul em primeiro mandato e foi anunciado como pré-candidato a governador de Mato Grosso do Sul pelo PRTB. Contar é natural de Campinas (SP) e é capitão de carreira do Exército Brasileiro. Foi filiado ao PSL, mas trocou de partido para disputar o cargo de governador de MS nas eleições de 2022.

Giselle Marques (PT)

Giselle Marques é advogada, professora universitária, doutora em Direito e pós-doutora em desenvolvimento regional. Nascida em Campo Grande, Marques foi secretária Geral da OAB-MS (1999) e também já ocupou os cargos de superintendente do Procon, entre 2004 e 2007,  e de gerente de licenciamento do Instituto de Meio Ambiente do Pantanal (IMAP). Marques era pré-candidata ao Senado, mas com a desistência do ex-governador José Orcírio Miranda, o Zeca do PT, de concorrer ao governo, o partido optou por lançá-la como candidata a governadora de MS.